24 maio, 2017

Bem Mais Perto - Susane Colasanti

   Hey Everyone!
   Hoje lhes trago mais uma resenha que estava atrasada, que era para ter saído a anos (e não estou exagerando). Esse livro eu li no final de 2015 e foi mais uma resenha que deixei nos rascunhos sem publicar, mas aqui está, finalmente!
Título: Bem Mais Perto (So Much Closer)
Autora: Susane Colasanti
ISBN: 9788581630151
Selo: Novo Conceito
Edição: 1
Número de páginas: 240
Área temática: Literatura Infanto Juvenil.
Ano: 2012
SINOPSE: Quando Brooke descobre que o amor de sua vida, Scott Abrams, está se mudando do subúrbio de New Jersey para Nova York, ela decide segui-lo até lá. Viver com o pai ausente e se adaptar a uma escola totalmente nova são desafiantes para ela — e as coisas ficam ainda piores quando ela descobre que Scott já tem uma namorada. Mas como ela aprende a sobreviver na cidade grande, começa a descobrir todo um novo lado de si mesma e percebe que, às vezes, o amor pode te encontrar mesmo quando você não está olhando para ele.
   A leitura do livro é bem leve e a história é fácil de ser entendida. No todo ele é mais um romance água com açúcar, mas tem aquele diferencial de abordar assuntos da adolescência e fases da vida. Se você tem um hábito regular de ler livros, você consegue terminar ele rapidinho, com no máximo três dias ou menos que isso.
  A personagem Brook passa por alguns dilemas como tomar grandes decisões, sobre o passado, presente e futuro. Ela se vê em situações onde tem que amadurecer, fazer novos amigos e se adaptar à escola nova. Uma das coisas que me identifiquei com ela, foi o fato de ela esconder seus talentos e até mesmo ter vergonha de mostrá-los ao mundo, mas ela acaba aprendendo a lidar com isso. E também me identifiquei com sua atitude, meio que "tudo ou nada". No fim de tudo a Brook tira um grande aprendizado de todas as decisões que toma e começa a planejar o futuro, que já está logo logo em sua frente. E uma das maiores descobertas que a personagem faz, é que qualquer decisão que ela tomar no presente pode mudar sua vida para sempre no futuro.
   Para mim todos os personagens foram bem desenvolvidos na trama e a autora soube posicioná-los muito bem na história. E também curti muito a descrição dos locais onde os personagens se encontravam, porque gosto de imaginar as cenas e como seria o encontro e etc. No todo a história foi se tornando divertida de ler, e recomendo pra quem curte esse tipo de tema também, embora não seja lá o meu favorito.
"Uma das coisas mais incríveis que pode acontecer é encontrar alguém que enxergue tudo que você é, e não deixa ser nada menos."
"Tenho um novo desejo para a minha caixa de desejos: eu gostaria de saber, somente uma vez, como é confiar em alguém completamente, sem ficar decepcionada."
"As pessoas destroem sua confiança e depois partem. Você nunca consegue conhecer alguém completamente, não importa o quanto ache que conheça. Sempre haverá alguma verdade que elas escondem e vai concluir que era melhor nunca ter descoberto."
BOOKTRAILER:
Avaliação:

23 maio, 2017

2º Período | ATELIÊ DE COSTURA BÁSICO

    Hey Everyone!!!
    Faz muito tempo que parei de postar a série de postagens que eu estava fazendo pra falar como eram os períodos da minha faculdade de moda, mas resolvi terminar de postar o que faltava. Infelizmente eu parei de cursar a faculdade por milhares de motivos que posso exclarecer depois em outro post. Parei no terceiro período e tenho história demais pra contar dentro de cada matéria e acho que seria legal compartilhar com quem está pensando em entrar na área da moda também.
     Já terminei de contar como foi o primeiro período e as quatro matérias, que eram: Desenho artístico e figura humana, Modelagem básica, Oficina de criatividade e Antropologia cultural, e aqui estamos nós rumo ao segundo período bem atrasada com as postagens.
✖ ✖ ✖
     Então... Pra Ateliê de costura básico, nós começamos aprendendo as coisas iniciais de costura e fizemos alguns testes como tentar costurar em linha reta na máquina de costura e fazer curvas. Também precisamos comprar alguns materiais de costura como alfinetes e agulhas pra aprender coisas básicas pra costura de mão.
     Fizemos algumas coisas como uma mini bolsinha, mas eu não terminei a minha por motivos que irei explicar abaixo, mas no todo faltou só colocar o fecho nela.
     Bem... O primeiro trabalho era fazer um avental e decorar quando finalizado, e eu nunca tinha costurado na vida e passei o maior aperto para costurar alguns detalhes de finalização do avental e até fiquei depois das aulas durantes algumas semanas tentando terminar, até minha professora ter compaixão e terminar pra mim (risos). Mas como nem tudo são flores, eu acabei ficando atrasada nos outros trabalhos e no dia de entregar o avental o meu não estava pronto. Eu fiquei muito triste e como eu não era a única que não tinha terminado o avental eu e as pessoas que estavam entregar conversamos com a professora pra ver se podíamos entregar outro dia e ela deu a chance pra que fóssemos entregar na outra semana no turno da noite. E eis que eu cheguei no dia marcado pra entregar e levei o maior xingo da minha vida!
    Eu fui a última a entregar e a professora resolveu me xingar horrores. Haviam outras duas alunas na sala e ela me esculachou na frente delas e confesso que me senti muito humilhada, porque eu tinha falado com ela no início da matéria que eu nunca tinha costurado e que tinha dificuldades e isso foi a primeira coisa que ela jogou na minha cara, dizendo que outras pessoas na turma também não sabiam costurar e terminaram primeiro que eu. Também disse que as coisas não funcionavam do jeito que eu queria e que eu havia falhado na aula dela e perdido muito pontos pelos atrasos. E teve mais coisas ainda!
    Eu fui embora nesse dia arrasada, porque eu não consegui nem me defender e nem dizer nada. Eu fiquei calada ouvindo as exortações dela, mas eu já estava super esgotadas com os outros trabalhos e sob muita pressão. Eu estava ficando loucamente estressada com tudo e esse ocorrido foi mais uma das coisas que me deixou ainda mais depressiva quanto a faculdade, que eu já queria parar a essa altura do campeonato, porque já tinha acontecido outras coisas antes disso que estavam me desanimando.
    No final eu acabei não voltando mais nas aulas dessa professora e evitava ao máximo ter aulas com ela, porque eu não sabia onde enfiar a minha cara de tanta vergonha e humilhação. E o pior é que no final do bimestre eu tinha ficado com nota alta nela e só reprovei por causa das falatas, aí que eu me revoltei mais ainda! E foi por isso que parei de postar sobre as matérias da faculdade aqui no blog porque eu estava me decepcionando demais com o curso, e nem queria cursar mais. E a maioria das matérias do segundo período eu reprovei feio por motivos que irei explicar nos próximos posts.
✖ ✖ ✖
    Então o único trabalho que finalizei nessa matéria foi o avental depois das férias de julho de 2015, que foi quando comecei o 2º período, e estava louca pelo David Bowie que ainda estava vivo ♥. Eu estava muito viciada na música "The Stars (Are Out Tonight)" que foi estrelado pela minha menininha Andreja Pejic (meu crush da vida!), e queria muito mostrar isso pro mundo e resolvi tentar expressar isso no avental.
    Infelizmente não tenho fotos com o pessoal da sala usando o avental, afinal eu já expliquei acima que no dia eu não tinha terminado o meu, e é uma pena! Mais pena ainda foi o fato de eu estar super empolgada com essa aula e tudo ter dado errado no final, mas fazer o que né.
    Mas dando um spoiler sobre as próximas matérias, esse não foi o primeiro trabalho que fiz sobre meu Starman David Bowie! Eu etava com uma vontade louca de homenagear ele de qualquer jeito e tinha esperanças de que ele fosse ver um dia, mas infelismente isso não aconteceu, mas é a vida.

22 maio, 2017

OOTD | Too Much Too Late

  Hey Everyone!
  No dia 20 de março, eu e meus amigos saímos para tirar algumas fotos atoa, e eu acabei fotografando um look pra postar aqui no blog. Me lembro de ter ficado cantando o tempo todo a música "Too Much Too Late" da Sbrina Claudio, então achei justo colocar como nome do look (risos).
    Nesse dia acabei arrastando meu irmão com a gente e custei convencê-lo aparecer nas fotos hahaha.
Eu e a "Dianitta"
    No final do dia nós queríamos sair todos juntos na foto, mas não tinha ninguém pra tirar pra gente, então demos um jeito de posicionar a câmera no degrau de uma escada no passeio. Embora os ângulos não tenha ficado certinho eu curti bastante e não quis ajustar por motivo de preguiça!
Ahh e escutem essa música que estou viciada até hoje! (risos)
Copyright © 2014 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo